Conheço muitas empresas, que reclamam do seu quadro de funcionários e eu sempre pergunto: “Quanto você paga ? Qual o investimento que a empresa fez para a melhoria das condições de trabalho ? Quantas vezes você providenciou um treinamento para o seus funcionários ? Normalmente as perguntas ficam sem respostas.

O que eu estou falando, gostaria de dizer, que conheço e não é pouco ( desculpe a prepotência ), mas precisamos entender que se queremos uma empresa forte, seja ela pública ou privada, temos que entender o significado das palavras INVESTIMENTO e GASTO. Quando falamos em INVESTIMENTO, falamos, na minha opinião, falamos em resultados. Quando falamos em GASTO falamos em jogar dinheiro fora. Precisamos entender que quando pagamos bem a um profissional, seja em que área for, a probabilidade de termos o resultado é muito maior do que acharmos que economizando estaremos resolvendo o problema financeiro.

Quando eu escolho profissionais gabaritados, o valor que pago, terá quase sempre o resultado que desejamos e você verá que todos aqueles que são atendidos por ele, ficarão satisfeitos, seja cliente pessoa física ou jurídica.

Estou levantando este assunto para que todos aqueles qem estão no comando de alguma empresa ( seja pública ou privada ), tenha a consciência de que para formar uma equipe afinada leva tempo, mas para acabar com ela é rapidinho.

Toda empresa que paga bem, dá condições de trabalho, treina constantemente seu quadro de funcionários, tem condições de exigir, e não é pouco. Empresa que paga mal, que não dá condições de trabalho e ainda quer exigir o máximo, entra do círculo vicioso do : O comando pensa que manda e o comandado finge que obedece.

Quanto custa para se formar em uma faculdade ou universidade, seja ela privada ou pública ? Quanto custa depois de formado, arrumar um emprego ? Quanto custa a um País, a um Estado, a um Município, a uma Empresa, ter em seu quadro, profissionais de primeira linha ? Se queremos o melhor, temos que dar o melhor. É uma via de mão dupla.