A muito tempo eu não ouvia a expressão “Ele é careta”. Isso me lembrou uma situação que ouvi de algumas pessoas sobre uma pessoa.

Estávamos conversando e alguém disse “Sergio, ele é ultrapassado “. Eu perguntei o que é ser ultrapassado? A pessoa ficou me olhando, pois não esperava que eu fizesse a pergunta tão simples. O amigo começou a dar voltas e não conseguiu responder o que perguntei.

Isso me dá a oportunidade de dizer que ser ultrapassado é uma questão de ponto de vista e não de idade cronológica como muitas pessoas pensam e avaliam. É puro pré conceito.
Devemos entender que dentro de uma empresa com gerenciamento moderno, o pré conceito não consta na rotina de gerenciamento. Uma empresa que tem atitudes preconceituosas, faz com que a caminhada até o objetivo determinado seja mais longo e mais difícil. O pré conceito, foi, é e será sempre um entrave na vida de uma empresa. Não podemos deixar que esse tipo de pensamento e atitude ocorra dentro de nós, da nossa família , da empresa onde trabalhamos. Jamais deixe esse sentimento tomar conta, pois o pré conceito faz a empresa perder dinheiro e talentos.

Não podemos esquecer que pessoas que exerceram ou exercem a profissão a mais de 20 anos , não será ultrapassado nunca, pois esse profissional tem uma coisa que , muitas pessoas que estão começando a carreira não tem. Esse item se chama EXPERIÊNCIA. Tem estrada. Conhece os caminhos das pedras. Experiência é hierarquia. Devemos sempre respeitar e ouvir os mais experientes, ouvi-los com atenção. Não tem tecnologia que substitua a experiência de alguém sobre aquele assunto.

Nós que estamos na estrada sabemos que tem por ai, muito enganador, muita gente que fala muito, que diz que faz e chega na hora pula fora.

Tem um monte de livros falando sobre o mesmo assunto. Desses livros você aproveita uns 10 % , o resta pode jogar no lixo.
Devemos estar atentos para que quando você contratar alguém que tenha experiência, você leva uma grande vantagem sobre o concorrente. Mas aqui faço uma observação. Tem pessoas que tem experiência mas se recusam a se atualizar. Aí neste caso não adianta.

Em qualquer profissão hoje, você tem que se atualizar sempre, mas temos que saber que curso devemos fazer, que livro devemos ler, pois o que tem de porcaria no mercado é uma grandeza.
Devemos entender que as informações que estão por ai, não quer dizer que são de primeira linha. Tem muitas informações que são as mesmas, mas ditas de forma diferente. Alguns fazem um carnaval para dizer o que outros falam de uma forma simples e objetiva.
Dentro de uma empresa a informação só é válida se colocada em prática e tiver resultados, pois na empresa, resultado é a base de tudo. Gerenciar uma empresa é gerenciar resultados.

Tem muitas pessoas que dizem que precisam estar bem informadas, e começam a consumir cada tipo de informação que você fica assustado.

Devemos entender que aliar experiência à informações atualizadas de bom conteúdo, faz uma grande diferença na profissão de qualquer pessoa.

A humildade em aprender e a humildade em ensinar, são as grandes virtudes de qualquer ser humano. Dentro de uma empresa isso é fundamental. O antigo e o novo sempre será uma química vitoriosa, sendo bem manipulada ( linguagem técnica ).
Chamar alguém de careta é de repente menosprezar ou jogar fora, conhecimentos que não se encontra em faculdades, livros, internet etc. Dar valor ao conhecimento de alguém, é você ter diferencial no mercado. Tanto que isso é verdade , que o mercado brasileiro, já está começando a rever o conceito de juventude e velhice. Muitas empresas estão contratando profissionais acima de 45 anos, pois descobriram ( até que enfim ) que esses profissionais fazem a empresa a ganhar terreno junto ao mercado, pois essas pessoas conhecem os caminhos das pedras, coisa que o jovem ainda não conhece e com isso , economizam tempo e dinheiro e fazem o diferencial no mercado.

Aqui vai uma reflexão. Antes de chamar alguém de careta, veja primeiro se você é um trouxa que acredita em tudo que falam e mostram.
Tome cuidado pois o careta, pode ser você.